Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Em jogo de "esforço enorme", Sabella parabeniza vontade argentina

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

A Argentina encontrou dificuldades com a forte marcação do Irã, mas venceu com um gol de Messi nos acréscimos. Após a partida, o técnico Alejandro Sabella admitiu que os argentinos encontraram problemas para furar o bloqueio adversário, mas entende que o time controlou bem a partida, principalmente no primeiro tempo. O treinador, porém, não gostou das chances criadas pelos iranianos na etapa final.

“Uma partida muito difícil. No primeiro tempo controlamos a posse de bola e tivemos três oportunidades. O Irã foi bem, conseguiu aproveitar as nossas falhas e também tiveram oportunidades. Queríamos que a Argentina vencesse, e agora vamos buscar o equilibrio que não é fácil. As coisas ficaram difíceis com os contra-ataques no final do jogo”, analisou.

Sabella ainda fez questão de parabenizar os jogadores argentinos, que segundo ele, lutaram muito para vencer a partida em um dia de muito calor em Belo Horizonte. “Quero parabenizar a minha equipe que fez um esforço enorme e um dia muito quente”, comentou o treinador, que explicou as substituições feitas no segundo tempo.

“A mudança foi para termos mais jogadas pelo lado direito. Tivemos chances pela esquerda, mas não pela direita, por isso, fiz as mudanças para criar mais por este lado do campo”, declarou Sabella, que acionou Lavezzi, Palacio e Biglia no segundo tempo.

Questionado se houve evolução da Argentina do primeiro jogo para o confronto deste sábado, Sabella argumentou que são equipes que jogam bem diferentes, o que dificulta uma analise. “A Bósnia e o Irã são bem diferentes. Os bósnios têm uma mentalidade mais ofensiva, já o Irã está mais preparado para a defesa e joga no contra-ataque”, concluiu.

Gazeta Press
O treinador destacou a vontade de sua equipe para vencer um jogo complicado (Crédito: Washington Alves)