Futebol/Copa do Mundo - ( )

Em jogo decisivo, técnico de Gana não quer marcação individual em CR7

Maceió (AL)

Os sete pontos somados em conjunto por Alemanha e Estados Unidos – a primeira seleção com quatro e a segunda com três – fazem com que Portugal e Gana duelem sabendo que o empate não favorecerá ninguém. Assim, o duelo torna-se decisivo para o futuro das duas equipes na Copa do Mundo. No entanto, o técnico dos ganeses, Kwesi Appiah, afirma que não irá marcar Cristiano Ronaldo individualmente.

“Ele é o melhor jogador do mundo e todos sabem disso, mas temos que pensar no grupo como um todo, eu não acredito em marcação individual. É claro que é importante marcá-lo, impossibilitando que fique livre para fazer o que melhor sabe. Não podemos permitir que ele se sinta à vontade e nem que mostre seu futebol. Porém, a verdade é que você só consegue parar CR7 trabalhando como uma equipe”, disse.

Apesar da chance de Gana se classificar às oitavas de final não ser gigantesca, o empate, em 2 a 2, com a Alemanha deu um novo ânimo aos jogadores, comissão técnica e a torcida, que agora vê com bons olhos uma possibilidade de vitória diante dos portugueses.

“Estou gostando da confiança. Sabemos que daqui para frente não será fácil, até mesmo porque só temos um ponto, mas continuamos acreditando que é possível”, afirmou Appiah.

AFP
Técnico de Gana acredita que segredo para parar Cristiano Ronaldo está no trabalho em equipe

Desfalque – O único problema do treinador para o duelo decisivo é Muntari, suspenso pelo segundo cartão amarelo. Do outro lado, o técnico Paulo Bento não terá à disposição o goleiro Rui Patrício, o lateral Fábio Coentrão e o atacante Hugo Almeida, todos lesionados.

As duas seleções se enfrentam na próxima quinta-feira, às 13 horas (de Brasília), no Mané Garrincha.