Futebol/Copa do Mundo - ( )

Em tom de despedida, Alberto Zaccheroni agradece japoneses

Cuiabá (MT)

A seleção japonesa do treinador italiano Alberto Zaccheroni foi eliminada da Copa do Mundo nesta terça-feira, ao ser goleada pela Colômbia por 4 a 1. A permanência do técnico europeu será definida apenas no Japão, mas Zaccheroni já falou em tom de despedida na coletiva após o jogo.

“Quando cheguei no Japão, não sabia o que iria encontrar e não há palavras para o que aconteceu lá. Nesses quatro anos, ganhei muito mais do que dei para eles. A experiência para mim foi incrível”, declarou.

Na opinião do comandante italiano, os Samurais Azuis não jogaram um futebol no nível que podiam. E ele admitiu a culpa por isso.

“Não jogamos no nível que realmente temos. Eu treinei esse time e já o vi jogar várias outras vezes e sei que poderiam apresentar mais dentro de campo. Eu, como técnico, assumo a responsabilidade por isso não ter acontecido”, completou.

AFP
O italiano Alberto Zaccheroni não sabe se continua na seleção japonesa. (Foto: Toshifumi Kitamura)