Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Eto’o vai continuar na reserva de Camarões contra o Brasil

Helder Júnior, enviado especial Brasília (DF)

A seleção de Camarões mais uma vez não contará com o seu principal jogador no início de uma partida da Copa do Mundo no Brasil. Neste domingo, o técnico alemão Volker Finke confirmou que o atacante Samuel Eto’o ainda sente dores no joelho direito e está impossibilitado de ser titular contra a Seleção Brasileira, na segunda-feira, no Mané Garrincha.

“É a mesma situação da partida contra a Croácia. Samuel não treinou com o grupo, fez apenas um trabalho individual. Amanhã, deverá jogar apenas alguns minutos. Não dá para começar como titular. Não acredito que acontecerá um milagre durante a noite”, comentou Finke, que cogitou até não utilizar Eto’o no decorrer da partida.

Aos 33 anos, o atacante do Chelsea, da Inglaterra, é o grande destaque de uma seleção que convive com uma série de problemas internos. Já eliminado, o time de Camarões ameaçou não vir ao Brasil por conta de um desacerto de valores de premiação, brigou entre si e foi derrotado com contundência por México (1 a 0, com direito a dois gols anulados) e Croácia (4 a 0).

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Eto'o passou o último treino de Camarões sentado e vai jogar só por alguns minutos na despedida
“Estamos em uma situação complicada e queremos encerrar a nossa participação de uma maneira positiva. Eto’o não poderá ajudar integralmente dentro de campo, mas vai exercer as suas funções de capitão da equipe. Ele ajuda a mobilizar os outros jogadores, o que é muito bom”, disse o técnico alemão de Camarões.

O jogo contra o Brasil poderia ser especial para Eto’o, que está próximo do final de sua trajetória pela seleção africana. “Não acredito que seja a última partida dele por Camarões. Samuel tem vontade de continuar a jogar por mais dois, três, quatro anos, então não é o momento de falarmos de despedida. Ele teve um pequeno problema no joelho, é verdade, mas só precisa de algumas semanas para estar em plena forma. Poderá continuar ajudando Camarões por até cinco anos”, delimitou Finke.

Eto’o não é o único problema na escalação camaronesa. Song foi expulso contra a Croácia e terá de cumprir suspensão, enquanto Assou-Ekotto e Moukandjo serão punidos por um ríspido desentendimento no gramado.

“Todos viram aquele comportamento inaceitável. O fair play é uma coisa importante. Jogadores profissionais que ganham muito dinheiro deveriam ser exemplos para os jovens do mundo inteiro. Não vou dar grandes sermões porque não sou assim, mas haverá consequências para os envolvidos”, avisou Volker Finke.