Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Favorito, Eurico Miranda oficializa candidatura à presidência do Vasco

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

Um evento no fim da noite de terça-feira, na Zona Norte do Rio de Janeiro, lançou de maneira oficial a candidatura de Eurico Miranda à presidência do Vasco. O polêmico dirigente, que já foi presidente do clube na década passada e que por muitos anos atuou como vice-presidente de futebol, é apontado como o principal favorito ao pleito que acontecerá em 6 de agosto.

O evento contou com vários ex-jogadores do Vasco, como o goleiro Acácio e os atacantes Donizete e Valdir Bigode. Porém, o que mais chamou a atenção foi a presença em grande número de torcedores ligados as principais facções de torcidas organizadas do clube, como a "Força Vasco". O evento contou ainda com diversos integrantes de federações de esportes olímpicos, que é uma das bandeiras da chapa "Volta Vasco! Volta Eurico!". O dirigente defendeu ainda a valorização do Vasco na divisão de cotas de televisão.

"Uma das nossas principais bandeiras será a volta do respeito ao Vasco. Respeito em todos os sentidos, inclusive o reconhecimento na hora de dividir as cotas de televisão. O processo eleitoral do Vasco é o que mais interessa em termos de clubes, pois tem o Eurico Miranda, que incomoda a muita gente", disse Eurico.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Eurico busca voltar à presidência após 12 anos afastado do cargo; ele é o principal concorrente do pleito
O dirigente deixou claro que se for eleito não vai promover nenhuma caça às bruxas, demitindo em massa. "Se acontecerem mudanças, serão pontuais e não em massa. Não cometeria esse erro. Quando eu sai do clube fizeram isso, mandaram todo mundo embora e o Vasco foi levado para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro", lembrou.

Curiosamente o lançamento da candidatura de Eurico Miranda contou com alguns funcionários do clube da atual gestão de Roberto Dinamite, como alguns membros do departamento médico do clube.

Com a candidatura oficializada, Eurico Miranda vai disputar o pleito com Roberto Monteiro, da chapa "Identidade Vasco", Nelson Rocha, da "Vira Vasco" e Tadeu Correia, da "Vasco passado a limpo" e tratado como candidato de situação. Mas esta lista deverá ganhar mais três nomes, pois as chapas "É Vasco", "Vanguarda vascaína" e "Chapa Azul" ainda não anunciaram seus candidatos. A grande expectativa gira em torno da candidatura de Fernando Horta, presidente da escola de samba Unidos da Tijuca e visto como único nome capaz de impedir a vitória de Eurico Miranda.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade