Futebol/Copa do Mundo 2014 - ( - Atualizado )

Federação Uruguaia prepara apelação contra punição a Suárez

São Paulo (SP)

A Associação de Futebol Uruguaia (AUF) já prepara o documento de apelação que apresentará à Fifa para questionar a punição imposta ao atacante Luis Suárez. A entidade máxima do futebol deu prazo de 21 dias para a apresentação da apelação, que, de acordo com o Código Disciplinar da Fifa, só vale para a multa. Os nove jogos internacionais e os quatro meses de suspensão impostos a Suárez não são passíveis de apelação.

Ouvido pelo jornal uruguaio Ovación, o advogado da AUF Jorge Barrera confirmou que a apelação será feita, mas não precisou quando isso acontecerá. Se a multa for mantida, Suárez terá de pagar 100 mil francos suíços (cerca de R$ 250 mil) à Fifa.

Nos bastidores, comenta-se que a punição poderia impedir uma eventual transferência de Suárez para o Barcelona-ESP, apontado como o destino mais provável do jogador, que atualmente defende o Liverpool-ING. Segundo o diário Mundo Deportivo, o negócio não seria impedido pela suspensão do uruguaio, uma vez que transferências são consideradas um acordo administrativo entre clubes.

AFP
Suárez sente os dentes após mordida em Chiellini, no segundo tempo do jogo entre Itália e Uruguai
Em comunicado oficial, o Liverpool declarou que só se pronunciará sobre a punição depois que tiver tempo de revisar a decisão da Fifa.

De acordo com a agência de notícias AFP, a ministra de Turismo e Esporte do Uruguai, Liliám Kechichián, convocou uma reunião com o presidente do país sul-americano, José Mujica, para discutir a punição a Suárez. Mais cedo, no Twitter, Kechichián declarou que a decisão da Fifa foi “desmedida”.

Além de não poder defender a Celeste em seus próximos nove compromissos, Suárez está impedido de exercer qualquer atividade relacionada ao futebol pelos próximos quatro meses – o jogador não pode sequer frequentar estádios nesse período.