Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Felipão minimiza possível desfalque de Hulk contra o México

Helder Júnior, enviado especial Fortaleza (CE)

O técnico Luiz Felipe Scolari não se mostra preocupado com a possibilidade de perder o atacante Hulk na partida contra o México, na terça-feira, no Castelão. O jogador sentiu um incômodo na coxa esquerda no treinamento de domingo e, mesmo sem que nenhuma lesão muscular fosse constatada, acabou preservado do treinamento desta segunda-feira.

“O Hulk não faria nada hoje aqui. Não poderia dar pique nem nada. Então, não veio. A gente avaliará amanhã”, comentou Felipão, que conta com o atacante Bernard e os meio-campistas Willian e Ramires como eventuais substitutos. “Tenho 23 jogadores, e acho que foram bem escolhidos, então não haverá problema algum.”

Ao lado de Felipão na entrevista coletiva concedida no Castelão, o zagueiro Thiago Silva concordou com o comandante. “O Hulk seria uma grande perda, mas o Felipão pode fechar o olho e escolher entre Bernard, Ramires e Willian”, comentou o zagueiro, abrindo um sorriso ao perceber a sua ingerência. “Longe de mim, hein? Ainda não quero essa responsabilidade de treinador.”

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Oscar, Fred e Neymar podem ficar sem o quarto membro dos titulares do setor ofensivo de Felipão
Felipão aproveitou o tom de brincadeira para fazer mistério em relação à escalação do Brasil diante dos mexicanos. “O Thiago já escolheu aí uns três jogadores para mim”, disse, reforçando que só confirmará a presença ou a ausência de Hulk horas antes da partida.

“Se houver uma dificuldade com o Hulk, perderei o sistema com o qual estamos jogando há algum tempo. Os jogadores têm outras características. Mas eles também poderão acrescentar coisas à equipe, como velocidade, outro tipo de marcação, de posicionamento”, concluiu Luiz Felipe Scolari.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade