Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Flamengo já repensa situação de medalhões

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

As últimas semanas antes de os jogadores do Flamengo entrarem de férias por conta do recesso do Campeonato Brasileiro para a disputa da Copa do Mundo foram marcadas por muitas críticas ao elenco. Afinal de contas, o desempenho do time vem deixando muito a desejar, com o Rubro-Negro permanecendo na zona de rebaixamento.

Após a humilhante derrota de 3 a 0 para o Cruzeiro, a equipe passou a figurar na penúltima posição da tabela. Neste cenário a maior pressão recaiu em cima de alguns jogadores mais experientes, os chamados medalhões. Figuras como o goleiro Felipe e o lateral esquerdo André Santos passaram a ser muito hostilizados e a saída deles da Gávea dada como certa. Porém esse quadro parece estar mudando.

O Flamengo vem encontrando muitas dificuldades para contratar reforços. Justamente por conta disso o técnico Ney Franco já vem se convencendo da necessidade de trabalhar bem o relacionamento com esses medalhões a fim de não perder ainda mais qualidade em um elenco já bastante limitado.

Exatamente por isso tem sido constantes as conversas do treinador com André Santos. No treino de quarta-feira eles foram vistos conversando em particular por alguns minutos. O jogador, inclusive, parece bem mais animado do que quando entrou de férias e em entrevista a um jornal turco chegou a admitir a possibilidade de voltar a defender o Fenerbahce.

A situação do goleiro Felipe é um pouco mais complicada, pois o jogador faltou a um treino antes do empate sem gols com o Santos. Na época ele alegou ter se confundido com os horários, porém, o fato irritou Ney Franco, que o barrou nos jogos antes do recesso. Assim, Paulo Victor assumiu a condição de titular e deverá ser o dono da posição no primeiro jogo após a volta do Brasileirão, no dia 16 de julho, diante do Atlético-PR.

Divulgação/Flamengo
Contestado pela torcida, Felipe deve permanecer com respaldo do presidente do Fla (Foto: Gilvan de Souza)

Felipe, porém, deverá permanecer no elenco. O jogador conta com a simpatia do presidente Eduardo Bandeira de Mello, que inclusive descartou a possibilidade de o clube investir em Julio Cesar, defendendo a Seleção Brasileira na Copa do Mundo, por entender que o Flamengo está muito bem servido na posição.

Apesar das dificuldades o clube ainda segue procurando reforços. Dentre os nomes que estão sendo ventilados, os dois mais próximos de acertar viriam da Argentina. O primeiro deles é o lateral-esquerdo Milton Casco, que vem se destacando pelo Newell’s Old Boys. Outro é o volante Héctor Canteros, do Vélez Sarsfield. O atacante Eduardo da Silva, brasileiro naturalizado croata, também vem negociando, mas o Rubro-Negro despista o fato para não atrapalhar o jogador, que vem defendendo a Croácia na Copa do Mundo.

O clube também tenta pagar nesta sexta-feira o salário atrasado de alguns jogadores do elenco e de funcionários da sede da Gávea. O dinheiro deve vir de um empréstimo junto ao consórcio que administra o Maracanã.