Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Fluminense espera definir contratações até a próxima semana

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

A diretoria do Fluminense está trabalhando para definir o elenco que vai seguir no clube na sequência do Campeonato Brasileiro e na Copa do Brasil até a próxima semana. O objetivo é ter o grupo fechado no dia 23 de setembro, quando os jogadores se reapresentam após alguns dias de folga. Os atletas serão liberados na segunda-feira, um dia depois do amistoso contra a seleção da Itália, previsto para as 17h30 (de Brasília) do domingo.

Três situações estão pendentes e precisam ser resolvidas. A primeira envolve o meia Cícero, que já se desligou do Santos e vem definindo os últimos detalhes para ser anunciado. A expectativa em relação a esse jogador é que ele possa ser apresentado na próxima semana.

"Estamos muito próximos do acerto com o Cícero, mas ainda existem algumas coisas pendentes e precisamos esperar para anunciar", disse o vice-presidente de futebol Mário Bittencourt, em entrevista à Rádio Tupi do Rio de Janeiro.

Nelson Perez/Fluminense FC
Dirigente tricolor prega cautela em negociação com Cícero, mas aposta no acerto com o meio-campista
Outro jogador que a diretoria espera repatriar é o atacante Wellington Nem. O jogador está de férias no Brasil e foi liberado pelo Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, para acertar as bases salariais com o Fluminense, o que já aconteceu. Agora a negociação está entre os clubes, porém ainda longe de um acerto. O Tricolor não recebeu ainda a resposta dos ucranianos sobre a proposta de empréstimo. O atacante está insatisfeito no clube ucraniano e vem manifestando o desejo de voltar a atuar no futebol brasileiro.

A diretoria ainda tenta resolver a contratação de um lateral direito para a reserva de Bruno. Isso porque Wellington Silva foi emprestado até o fim do ano ao Internacional, onde chega com o aval do técnico Abel Braga. O jogador pediu aos dirigentes do Tricolor para ser negociado por entender que vinha tendo poucas oportunidades de mostrar serviço. Os dirigentes ainda não têm um nome para esta posição e estão esperando o técnico Cristóvão Borges indicar alguma preferência para irem ao mercado.

Com esses três reforços e mais o zagueiro Henrique, contratado após sair do Bordeaux, da França, mas que só poderá assinar contrato em julho, a diretoria considera que o elenco está fechado para a sequência da temporada. Novas aquisições só seriam feitas no caso de negociações de peças do elenco na janela de transferências internacionais.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade