Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

França pressiona no fim, derrota Nigéria e garante vaga nas quartas

Brasília (DF)

França e Nigéria entraram em confronto pela primeira vez na história das Copas nesta segunda-feira, às 13 horas (de Brasília) em busca de uma vaga nas quartas de final do Mundial do Brasil. Os Bleus queriam confirmar o favoritismo enquanto os africanos estavam em busca de um feito histórico. No Estádio Nacional Mané Garrincha, os europeus, após pressão no fim do jogo, conseguiram vencer os adversários por 2 a 0.

O primeiro tempo foi disputado, as duas equipes tiveram chances de gol. Aos 18 minutos, a Nigéria teve um gol anulado por impedimento Emenike. Enquanto isso, a os franceses chegaram ao ataque com perigo com jogadas de Giroud e Benzema.

Na volta dos vestiários, o jogo permaneceu concorrido. As duas equipes tiveram chances incríveis de gol. Os dois técnicos fizeram alterações: A Nigéria por lesão e a França por questão tática. Benzema teve a melhor oportunidade aos 24 minutos, quando a bola estava chegando ao gol, mas Moses tirou na linha. Logo em seguida, os franceses acertaram um chute na trave. Após tanta pressão francesa, o gol saiu aos 34 minutos, com Pogba. A vitória foi selada aos 46, com um gol contra.

Com o resultado, a França enfrenta Alemanha ou Argélia. O duelo entre os germânicos e argelinos acontece ainda nesta segunda-feira, no estádio Beira-Rio, às 17 horas (de Brasília). Enquanto isso, a Nigéria se despede da Copa do Mundo do Brasil.

Gazeta Press
O duelo foi disputado e, apesar do triunfo francês, a Nigéria teve grandes chances (Foto Célio Messias)
O jogo – No início do primeiro tempo, a França dominou a posse de bola e tentou furar a defesa nigeriana, conseguindo escanteios, mas o gol não saiu. Por outro lado, quando a Nigéria teve a bola nos pés, ficou trocando passes na tentativa de armar jogadas ofensivas fortes.

A primeira grande chance de gol foi apenas aos 18 minutos do primeiro tempo. Musa cruzou pela esquerda para Emenike. O nigeriano escorou para o gol, balançou as redes francesas e partiu para a comemoração. Mas o assistente já tinha marcado impedimento do jogador, que estava em posição irregular.

Um minuto depois, foi a vez de a França ter sua chance impedida. Aos 19, portanto, Valbuena executou ótimo cruzamento pela direita para Benzema; o jogador, sozinho na grande área, furou a bola e perdeu a chance de inaugurar o marcador. Apesar disso, a jogada já estava paralisada, pois o árbitro sinalizou posição ilegal do atacante dos Bleus.

A França se animou e partiu para o ataque com mais força. Aos 21 minutos do primeiro tempo, Pogba puxou contra-ataque após roubada de bola e tocou para Valbuena. O meio-campo devolveu para o volante, que cruzou na grande área e obrigou o goleiro Enyeama para pular e fazer grande defesa para salvar a Nigéria. A partir daí, os africanos passaram a se fechar na defesa.

Na volta dos vestiários, o jogo ficou um pouco mais frio. Aos 9 minutos do da etapa complementar, Matuidi fez falta dura em Onazi, com a sola do pé no tornozelo do jogador nigeriano. Reuben Gabriel precisou entrar no lugar do volante.

Gazeta Press
O primeiro gol da Frabça foi marcado por Pogba (Foto: Célio Messias)
Em busca da vitória no tempo regulamentar, o técnico Didier Deschamps colocou Griezmann no lugar de Giroud. Enquanto isso, a Nigéria buscava o gol para inaugurar o marcador. Aos 18 minutos do segundo tempo, Odemwingie puxou da direita para o centro e chutou da entrada da grande área, obrigando Lloris a fazer belíssima defesa.

Aos 24 minutos da etapa complementar, os franceses tiveram a melhor chance de balançar as redes. Benzema realizou tabela com Griezmann e tirou a bola de Enyema, mas antes Moses correu até a linha do gol e evitou para salvar a Nigéria.

Em seguida, o time comandado pelo técnico Didier Deschamps teve uma nova grande oportunidade. Após cobrança de escanteio aos 31 minutos do segundo tempo, Benzema chutou cruzado para o gol, Ambrose afastou, mas Cabaye pegou o rebote e carimbou a trave com um forte chute.

Gazeta Press
Com a vitória, a França avançou às quartas de final da Copa (Foto: Célio Messias)
Três minutos depois, Valbuena encontrou Benzema livre para cabecear em escanteio, mas Enyama fez outra grande defesa. Após tanta pressão, um minuto depois, os franceses conseguiram fazer o gol aos 34 minutos da etapa complementar. Valbuena cobrou mais um escanteio, Enyama saiu mal e deixou a bola na cabeça de Pogba, que não falhou e estufou as redes nigerianas, inaugurando o marcador para a França.

Embalada com o gol, a França foi para cima. Aos 38 do segundo tempo, Pogba executou bom lançamento para Griezmann, que arrancou em velocidade livre pela esquerda e chutou forte para o gol. Enyeama subiu e espalmou para escanteio.

A vitória foi selada aos 46 minutos da etapa final. Após cobrança curta de escanteio pela esquerda, Valbuena cruzou para Griezmann na pequena área, Yobo tentou fazer o corte, mas acabou mandando para o fudo das redes.