Futebol/Copa do Mundo 2014 - ( - Atualizado )

Grego pede atenção com Campbell: “Não podemos deixá-lo trabalhar"

Aracajú (SE)

A Grécia deverá ter no próximo domingo ao menos dois jogadores em sua linha defensiva que atuam no Olympiakos, equipe pela qual jogou o atacante Joel Campbell na última temporada. Um desses jogadores, o zagueiro Kostas Manolas não escondeu a preocupação com o atacante da Costa Rica, um dos destaques da equipe considerada por muitos a maior zebra da Copa até aqui.

“Temos uma relação muito boa com o Campbell. É um amigo e uma pessoa muito especial. Ele tem muitas qualidades, é uma grande referência para a seleção da Costa Rica. Ele é rápido, tem ótima visão de jogo, sabe se posicionar na área e é um grande definidor de jogadas. Temos que ficar muito atentos para não dar espaços a ele. Ele será fatal se tiver alguma chance, não podemos deixá-lo trabalhar”, disse Manolas nesta sexta.

O defensor grego exaltou a façanha alcançada pela Costa Rica – que se classificou em primeiro lugar num grupo com Uruguai, Itália e Inglaterra –, mas também fez questão de valorizar a campanha feita pela Grécia.

AFP
Joel Campbell é o camisa 9 e principal referência do ataque da Costa Rica
“Eles fizeram o que parecia improvável. Mas nós também superamos coisas incríveis para estar aqui. Por isso acredito que será uma grande batalha. Estamos muito confiantes no nosso potencial”, afirmou.

Grécia e Costa Rica se enfrentam neste domingo, às 17 horas (de Brasília), na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (região metropolitana do Recife), pelas oitavas de final da Copa do Mundo.