Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Herói botafoguense no Itaquerão, Edílson é desfalque contra o Sport

Rio de Janeiro (RJ)

No último domingo, com a ajuda do zagueiro Cléber, Edílson sagrou-se herói do Botafogo, ao marcar o gol de empate contra o Corinthians, no Itaquerão, em partida válida pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. Porém, o lateral-direito de ofício não estará à disposição do técnico Vágner Mancini na primeira partida alvinegra após a Copa do Mundo, diante do Sport, na Ilha do Retiro.

Por causa do terceiro cartão amarelo sofrido em solo paulistano, o jogador, que foi improvisado no meio-campo da Estrela Solitária, forçará Mancini a alterar a dinâmica de jogo. Caso opte por um jogador de contensão, o comandante terá como opção o jovem Gabriel. Se uma equipe com maior poderio de armação for escolhida, dois atletas brigam pela vaga: Daniel, cria da base, e o experiente Jorge Wagner, detentor da camisa 10.

Durante o embate contra o Timão, Daniel fora o primeiro escolhido, entrando no lugar do lateral-direito Lucas (fato que obrigou Edílson a atuar em seu lugar de origem). Porém, Jorge Wagner também se fez presente no embate, substituindo o volante Aírton, que saiu machucado posteriormente.

Entretanto, uma notícia conforta os torcedores alvinegros: após ficar de fora do último compromisso por questões contratuais, o atacante Émerson Sheik volta a reforçar os 11 iniciais de Mancini. O sacrificado em tal configuração deverá ser o centroavante argentino Juan Carlos Ferreyra, o popular “Tanque”, que iniciou a temporada como titular de Eduardo Hungaro na Copa Libertadores da América.

Divulgação/Botafogo F. R.
Suspenso, Edílson não estará à disposição de Vágner Mancini contra o Sport Recife (Foto: Vítor Silva/SS Press)

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade