Futebol/Copa 2014 - ( )

Hulk e Thiago Silva sentem dores, mas Felipão não prevê desfalques

William Correia e Luiz Ricardo Fini São Paulo (SP)

A complicada vitória sobre a Croácia na estreia da Copa do Mundo deixou jogadores cansados a ponto de Thiago Silva e Hulk terminarem a partida se queixando de dores. Mas todos os titulares farão apenas treino regenerativo nesta sexta-feira, na Granja Comary, e Luiz Felipe Scolari espera contar com todos diante do México, na terça-feira.

“Não tenho nenhum problema grave. Em questão de um, dois dias de mapeamento do departamento médico com cuidado, acho que não terei nenhum problema para o próximo jogo”, comentou o treinador, minimizando os problemas dos dois titulares que citou.

“Tenho dois ou três jogadores estão cansados, colocaram gelo no joelho ou na panturrilha depois do jogo, como o Thiago. E o Hulk iniciou o jogo vindo de dificuldade maior que já se queixava nos dois últimos treinos, mas temos que bater palma porque foi um leão até o momento que deu”, ressaltou.

Os cartões mostrados a Neymar e Luiz Gustavo também não são motivo de preocupação, independentemente de o regulamento do Mundial indicar suspensão para quem receber dois amarelos. Felipão deixa claro que não é o momento de poupar.

“Vou jogar contra o México com quem der, tentando ganhar de alguma forma. Que façam falta e levem cartão porque temos que nos classificar”, antecipou-se, valorizando o confronto no Castelão, em Fortaleza.

“Tenho que pensar primeiro em classificar, não nos cartões. Vencer na estreia dá chance de respirar e jogar o próximo jogo para se classificar com vitória. Como quem tem um cartão até as quartas de final fica sem depois, isso não é uma preocupação”, reforçou o treinador.

AFP
Hulk se queixa de dores desde terça-feira e foi chamado de leão pelo empenho (Fabrice Coffrini/AFP)

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade