Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Imprensa espanhola lamenta massacre holandês

Madri (Espanha)

Atual campeã mundial, a Espanha sofreu uma goleada histórica por 5 a 1 da Holanda. No duelo válido pela primeira rodada da fase de grupos da Copa do Mundo, a Fúria foi surpreendida por Robben, Van Persie e De Vrij e acabou massacrada. Os principais jornais espanhóis deste sábado destacaram o resultado e lamentaram a atuação da seleção.

O El País, por exemplo, apontou a primeira derrota da Espanha no Mundial do Brasil como “crise mundial”. Enquanto isso, a publicação El Mundo chamou a goleada de “humilhação”. O La Razón fez um trocadilho com o sobrenome do goleiro Casillas (que significa mente/cabeça em português), e escreveu “Espanha, fora de si”, como se os jogadores tivessem 'perdido a cabeça'.

A primeira goleada da Copa do Mundo de 2014 deixou a Holanda com três pontos e na liderança do grupo B, que também conta com Chile e Austrália. Por outro lado, a Espanha ficou sem marcar ponto. Na quarta-feira, 18 de junho, às 16 horas (de Brasília), a Fúria busca reação contra o Chile, no estádio do Maracanã.

AFP
Após o desastre na primeira rodada da fase de grupos da Copa do Mundo, a imprensa espanhola lamentou

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade