Futebol/Copa do Mundo - ( )

Imprensa inglesa se rende a Balo, mas destaca esforço da Inglaterra

Londres (Inglaterra)

Apesar da derrota da Inglaterra na estreia da Copa do Mundo para a Itália por 2 a 1 em Manaus, a imprensa inglesa, conhecida pelas ironias, aliviou para o time de Roy Hodgson. Para os tabloides do país, a equipe jogou de igual para igual, sem poupar esforços.

O The Sundestacou o “choro” dos ingleses com a decepção na estreia, especialmente pelo bom rendimento do time na partida, destacado em sua capa. “Os bravos leões de Roy (Hodgson) caíram lutando”, lembrou a publicação.

Já na capa da editoria de esportes, o diário exaltou Mario Balotelli, autor do gol da vitória italiana na partida válida pelo grupo D da Copa do Mundo. “Tinha que ser ele!”, ilustrou o jornal com letras garrafais.

A referência, também usada por outros jornais, é em relação a uma camiseta utilizada pelo centroavante enquanto ainda defendia o Manchester City. Após marcar um gol, Balotelli levantou a camisa, mostrando outra com os dizeres: “Por que sempre eu?”, alegando ser perseguido pelos tabloides ingleses.

Reprodução
Imprensa inglesa destacou empenho do time e participação decisiva de Balotelli em derrota

Em contrapartida, o Daily Star não poupou as brincadeiras com o time de Roy Hodgson. Em referência aos “Três Leões”, como é chamado o trio formado por Gerrard, Rooney e Sturridge”, a publicação estampou: “Os três leões tropeçaram na selva”.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade