Futebol/Bastidores - ( )

Imprensa ucraniana afirma que Metalist aceitou proposta por Willian

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

Com a contratação de Neilton e Marquinhos, a permanência de Willian no Cruzeiro passou a ser ameaçada, já que o jogador pertence aos ucranianos do Metalist, que cobram 4 milhões de euros (cerca de R$ 12 milhões) para liberar o atleta em definitivo. A cúpula celeste achou os valores altos e fez uma oferta menor ao time da Ucrânia, que, segundo a imprensa do país, teria sido aceita.

Inicialmente, o Metalist não gostou da proposta do Cruzeiro, o que inviabilizaria a permanência de Willian na Toca da Raposa, mas com a reviravolta o jogador pode ficar no Brasil. O empresário do atacante, Eduardo Uram, teria feito um esforço para o Metalist aceitar a oferta celeste, mas o negócio ainda não estaria fechado oficialmente.

Willian não é titular absoluto do técnico Marcelo Oliveira, mas pode ser considerado uma espécie de reserva de luxo já que é acionado em quase todas as partidas, e tem o carinho da torcida cruzeirense. O jogador já participou de 56 jogos com a camisa celeste e anotou 13 gols. Além do Cruzeiro, especula-se que o Corinthians também tem interesse no atleta.

Washington Alves/Vipcomm/Divulgação
O Cruzeiro negocia com o Metalist a permanência de Willian no Brasil

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade