Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Indicado por Sidney, Tadeu treina no Náutico, mas segue sem assinar

Recife (PE)

Com a presença de Rodrigo Careca no departamento médico, com uma contusão no calcanhar de aquiles, e a saída de Marcelinho, o esquema tático do Náutico ficou carente de centroavantes. Para resolver o problema, o jovem técnico Sidney Moraes sugeriu um nome de confiança e a diretoria alvirrubra acatou: Tadeu, com passagens por São Paulo e Palmeiras, esteve com o comandante do Timbu no Icasa e chegou com statusde camisa 9 em Recife.

O jogador de 28 anos foi aprovado nos exames médicos e treinou normalmente com o elenco nesta segunda-feira. Porém, o atleta ainda não assinou o contrato, fator que adia a sua estreia por tempo indeterminado. O paulista de Araraquara estava no Ceará, onde foi alvo de constantes protestos dos torcedores e acabou dispensado.

Enquanto não encontra uma solução de referência na área, Sidney segue implementando o 4-5-1, com o jovem Cláudio Leleu, dianteiro de ofício, isolado no ataque. Satisfeito com a vitória sobre o América-MG, em Muriaé, o comandante do clube pernambucano afirmou que repetirá a equipe para enfrentar o ABC: Alessandro; Rafael Cruz, Edvânio, William Alves e Roberto; Gilmak, Elicarlos, Paulinho, Raí e Vinícius; Cláudio Leleu.

O duelo contra o Mais Querido será nesta terça-feira, às 21h50 (de Brasília), no estádio Iberezão, em Santa Cruz-RN.

Divulgação/Ceará S. C.
Contestado no Ceará, Tadeu chega para suprir o setor mais carente do Náutico: a referência ofensiva

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade