Futebol/Copa 2014 - ( )

Jogadores estranham horário de jogo, mas Runco crê em adaptação

Teresópolis (RJ)

A comissão técnica da Seleção Brasileira refez o cronograma de treinos da equipe nesta semana, para adaptar os atletas ao horário do jogo contra o Chile, que será disputado no sábado, às 13 horas (de Brasília). Depois do treino no início da tarde, nesta quarta-feira, o volante Luiz Gustavo explicou que nunca jogou futebol nestas condições.

“No meu tempo de profissional, eu nunca joguei 1 hora da tarde. Costumo acordar cedo mesmo e esta não foi a maior dificuldade, mas é um horário atípico para a partida. Temos de nos adaptar e dar o melhor possível para todos estarem 100% nessa partida”, afirmou.

Para a delegação se adaptar, a comissão técnica acordou os jogadores mais cedo nesta quarta. O café da manhã foi reforçado e, em seguida, todos foram para o treino. O almoço só foi servido depois da atividade, e esta será a programação da semana toda e também do dia do jogo.

“Não é um hábito nosso jogar neste horário, a não ser na base. Os jogadores que estão habituados neste horário são os que atuam no futebol inglês, porque lá tem jogos assim. Mas fizemos modificações nos cuidados alimentares”, afirmou o médico da Seleção, José Luiz Runco.

Mesmo assim, o médico acredita que o calor não será um grande empecilho. “Vamos jogar em Minas, onde normalmente a temperatura não é tão alta. Se fosse no Norte, talvez o calor comprometesse mais.”

Diante de todos os cuidados do departamento clínico, os jogadores mostram confiança para o jogo. “É um horário diferente, mas temos de nos adaptar o mais rápido possível”, comentou o meia Willian.