Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Jogadores lesionados trabalham para ficar à disposição

Gazeta Press Rio de Janeiro (SP)

O elenco do Botafogo está de férias até a próxima segunda-feira. Porém, essas duas semanas de descanso para a maioria dos jogadores, foi de trabalho para algumas peças do plantel que estão se recuperando de lesão e desejam ficar à disposição do técnico Vagner Mancini o mais rapidamente possível. O meia Carlos Alberto, que atuou apenas na derrota de 2 a 1 para o Grêmio, onde foi um dos destaques em campo, tem sido visto constantemente em General Severiano. Diante dos gremistas, o jogador sofreu um estiramento na parte anterior da coxa esquerda, muito provavelmente pelo período em que tinha ficado parado, desde que deixou o Goiás. Assim, quer estar melhor para poder atuar.

“Nenhum jogador de futebol gosta de ficar de fora do time, e meu objetivo sempre foi o de jogar e ajudar o Botafogo. Sei que a equipe tem plenas condições, inclusive, de estar em uma posição muito melhor na tabela de classificação. Nos últimos jogos começou a reagir, ganhando do Palmeiras e empatando com o Corinthians fora de casa. Quero poder estar à disposição do Mancini logo”, afirmou Carlos Alberto.

Divulgação
Carlos Alberto é um dos atletas que treinam para se recuperar de lesão

Também treinando diariamente em General Severiano está o meia Cidinho, que teve que operar o joelho esquerdo após se machucar em uma partida contra o Nova Iguaçu pelo Campeonato Carioca. O jogador, porém, não vai conseguir ficar à disposição de Mancini, pois se encontra ainda em estágio inicial de recuperação e não há previsão de retorno aos gramados.

Submetido a uma cirurgia no quadril direito, o volante Marcelo Mattos é outro que vem trabalhando para entrar em forma. O jogador não atua desde a derrota de 3 a 0 para o São Paulo, na estreia do time no Campeonato Brasileiro, e, de fora, tem visto outros jogadores tomarem conta da posição. O argentino Mario Bolatti vem conseguindo ter uma boa sequência com Vagner Mancini. Gabriel também conta com a confiança do treinador, enquanto Aírton ganhou prestígio com boas atuações e deverá ter até o vínculo renovado.

Outros jogadores se encontram treinando no Botafogo durante o recesso são atletas que não fazem mais parte dos planos da diretoria e estão procurando um novo destino, embora ainda tenham contrato com o Glorioso. São os casos, por exemplo, do goleiro Luís Guilherme, do lateral direito Alex, do zagueiro uruguaio Mario Risso e do lateral esquerdo Anderson. Desses, quem tem mais possibilidade de sair rapidamente é Risso, que segundo a imprensa uruguaia estaria nos planos do Nacikoanl de Montevidéu. A transação é vista com bons olhos pelo Glorioso.

A chamada barca botafoguense, porém, deverá ter ainda mais integrantes, pois a diretoria pretende reduzir bem a folha salarial, que já ganhou um descanso com as saídas do volante Renato, que se transferiu para o Santos, e do meia uruguaio Lodeiro, negociado com o Corinthians. Essa transação, inclusive, acabou fazendo com que o Alvinegro não tenha que pagar pelo salário do atacante Emerson Sheik, hoje sendo pago integralmente pelo Timão.

O plantel se reapresenta na próxima segunda-feira e ficará treinando no Centro de Treinamentos do Exército, na Urca, bairro da Zona Sul do Rio de Janeiro. Existe a possibilidade de uma viagem para um período de treinos no Centro de Treinamento da Confederação Brasileira de Vôlei, em Saquarema, Região dos Lagos do Rio de Janeiro. Uma definição sobre isso acontecerá até quarta-feira.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade