Futebol/Copa 2014 - ( )

Kovac vê fraquezas na defesa mexicana e espera aproveitá-las em "final"

Manaus (AM)

Cumprido o papel da Croácia na goleada por 4 a 0 sobre Camarões, Niko Kovac passou a projetar o confronto decisivo com o México. As equipes se enfrentarão na próxima segunda-feira, em partida que provavelmente valerá a segunda vaga do Grupo A nas oitavas de final da Copa do Mundo.

“Eles jogam um futebol agressivo, com muita pressão. São fortes indo ao ataque, mas também têm algumas fraquezas na defesa, como o Brasil nos mostrou”, afirmou o comandante da seleção europeia, que entrará em desvantagem no embate em Pernambuco.

Os mexicanos têm quatro pontos, contra três da Croácia. Empatar só será suficiente para a classificação dos comandados de Kovac em caso de uma improvável derrota da Seleção Brasileira para a já eliminada formação de Camarões, também na segunda, em Brasília.

AFP
O técnico Niko Kovac esperar vazar o bom goleiro Ochoa pela primeira vez na Copa do Mundo
Apesar das fraquezas defensivas apontadas pelo comandante croata, os mexicanos ainda não levaram nenhum gol no Mundial. Após uma vitória por 1 a 0 sobre Camarões, eles fizeram um bom jogo contra o Brasil e contaram com defesas de Ochoa para manter o placar zerado.

“A nossa partida contra o México será como uma final. Temos de descansar, porque um sério nos espera. O México é forte, mas nós também somos. Os jogadores mexicanos são muito patriotas, como nós, e têm um grande espírito de equipe”, elogiou Niko Kovac.