Futebol/Copa do Mundo 2014 - ( - Atualizado )

Lugano desconversa sobre mordida de Suárez em bate-boca com jornalista

Natal (RN)

A Federação Uruguaia de Futebol tentou fazer o possível para evitar que a mordida de Luis Suárez no zagueiro italiano Giorgio Chiellini, em jogo disputado na última terça-feira, repercutisse no primeiro treino da Celeste após a classificação para a segunda fase da Copa do Mundo, realizado em Natal nesta quarta. Um jornalista inglês, que foi impedido pela assessoria de imprensa da seleção de abordar o assunto com Stuani e Ramírez, primeiros a falar, questionou Diego Lugano logo na primeira pergunta que fez ao zagueiro.

O inglês indagou se Lugano poderia falar sobre o “incidente” envolvendo Luis Suárez, ao que o defensor respondeu de forma ríspida: “Qual incidente? Não sei de que incidente você está falando. Você se refere ao Campeonato Inglês ou à seleção? Você tem algo contra Luis?”.

Na réplica, o jornalista citou o nome de Chiellini antes de perguntar se Lugano diria que nada aconteceu. O zagueiro novamente reagiu. “As imagens não mostram nada. Mostram uma aproximação, mas nada importante”.

Ao questionar se os jornais britânicos eram os responsáveis pela polêmica criada em torno do episódio, Lugano fez um forte discurso contra a mídia do país europeu.

AFP
Experiente, Lugano foi o escolhido para tentar abafar polêmica
“Todos sabem que a mídia britânica tem um problema com o Suárez. Isso vende jornais. Por outro lado, você não deveria estar aqui. Ontem (terça) o Uruguai jogou contra a Itália e sábado enfrentará a Colômbia. Não sei por que um jornalista inglês está falando sobre o Suárez”, afirmou Lugano.

Para reforçar sua discordância em relação à repercussão que o episódio ganhou na mídia internacional, o zagueiro citou a cotovelada que Neymar acertou em Modric na abertura da Copa do Mundo, entre Brasil e Croácia. Na ocasião, o craque brasileiro recebeu o cartão amarelo.

“O Uruguai conseguiu uma vitória histórica e, num lance de jogo, de contato físico, a imprensa mundial acaba falando de um lance totalmente sem consequência. O Neymar deu uma cotovelada no nariz. Nunca mais ouvi algo sobre isso. Não sei se querem fazer justiça ou tirar vantagem esportiva na imprensa. Não entra na minha cabeça que um lance sem consequência ganhe tanta repercussão”, afirmou.

Comitê Disciplinar abriu investigação sobre mordida de Suárez

O Comitê Disciplinar da Fifa iniciou nesta quarta-feira uma investigação para apurar a mordida de Suárez em Chiellini. A entidade máxima do futebol determinou que a Federação Uruguaia e o atacante apresentassem uma defesa até o fim da tarde desta quarta-feira. Caso seja punido, Suárez pode ser suspenso pelas próximas partidas da Celeste no Mundial.

“Sei que o Uruguai tem menos peso político. E que o Suárez é perigoso para os adversários e carismático. O Suárez vende. Pode ser o craque da Copa. Gera um pouco de medo, entendemos. Mas o Luis vai se levantar e levar o nosso time nas costas de novo”, completou Lugano.