Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Lugano explica eliminação: “Muito fácil: eles têm James Rodríguez”

Rio de Janeiro (RJ)

Diego Lugano fez um alertar à Seleção Brasileira: eliminado da Copa do Mundo após a derrota para a Colômbia, o zagueiro uruguaio justificou os dois gols marcados pelo adversário colocando toda a culpa no meio-campista James Rodríguez que, segundo ele, desequilibrou a partida e anulou qualquer tentativa da Celeste em reagir na partida. O beque não esteve em campo, já que se lesionou ainda na primeira partida da Copa do Mundo, diante da Costa Rica. O Brasil entra em campo na próxima sexta-feira, às 17 horas (de Brasília), no Castelão, para encarar os colombianos.

“Jogamos contra um bom time. O Uruguai deu tudo o que tinha, mais do que mostrou hoje não tem. Então há a tranquilidade de saber que demos o que tínhamos e a tristeza de pensar que tínhamos time, com tudo normal, para chegar um pouquinho mais longe, mas não deu. Temos que parabenizar a Colômbia. James marcou dois golaços”, disse em entrevista ao Sportv.

Outra declaração surpreendente do jogador foi sobre a ausência do atacante Luis Suárez. Suspenso de nove partidas oficiais da Celeste e quatro meses de qualquer jogo de futebol, o camisa 9 foi punido por uma mordida no italiano Chielini e desfalcou o Uruguai nas oitavas de final. Para Lugano, a ausência do craque foi boa.

“Psicologicamente foi um empurrão, foi até bom para nós, motivação extra. Mas pesou no futebol. Suárez é, há anos, nosso principal jogador. Nosso futebol brilha em torno dele, não sou eu que falo, são as estatísticas. É muito mais do que se faltasse o Neymar para o Brasil ou o Messi para a Argentina. Se tivéssemos ele no jogo, poderia ser diferente, mas ele não esteve, e o Uruguai não teve futebol para eliminar a Colômbia", finalizou. 

AFP
Diego Lugano (à direita) já está de malas prontas para retornar ao Uruguai, após a eliminação nas oitavas de final