Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Manutenção na Arena Corinthians repõe cadeiras e "arruma" gramado

São Paulo (SP)

O palco paulista desta Copa do Mundo recebeu ajustes de última hora às vésperas de receber sua terceira partida no torneio. Enquanto a Holanda treinava no gramado da Arena Corinthians no último sábado, funcionários faziam reparo de cadeiras nas arquibancadas. O dia ficou ainda marcado pelos reparos no campo, que chegou a ser criticado pelo técnico do Chile, Jorge Sampaoli.

A delegação chilena inclusive optou por não trabalhar no campo do estádio corintiano para não prejudicar ainda mais a grama. O palco está “bastante deteriorado”, segundo avalia Sampaoli, muito longe do estado “que um jogo dessa importância merece”. Para reparar os danos apontados pelo treinador, funcionários posicionaram máquinas de iluminação artificial para ajudar no crescimento do gramado.

A Holanda, por outro lado, preferiu fazer o reconhecimento da Arena Corinthians normalmente. A atividade comandada por Louis Van Gaal tomou praticamente todo o campo, poupando apenas as duas áreas. Enquanto a atividade ocorria, funcionários repuseram alguns assentos danificados na partida entre Uruguai e Inglaterra, disputada na última quinta-feira. Os reparos garantiram a manutenção da capacidade em 66,2 mil pessoas.

Outros ajustes ainda foram feitos nas arquibancadas provisórias dos setores Norte e Sul. Nestes setores foram instaladas estruturas para melhorar o controle de acesso dos torcedores, evitando superlotação em pontos específicos. A Arena Corinthians recebe o embate entre Holanda e Chile nesta segunda-feira, e volta a ser usada mais três vezes nesta Copa do Mundo.

AFP
Holanda fez valer seu direito e não poupou o gramado da Arena em reconhecimento (foto: Damien Meyer)