Copa do Mundo 2014/ Costa Rica - ( - Atualizado )

Maradona elogia Costa Rica e goleiro, e critica postura do México

São Paulo (SP)

O ex-jogador Diego Maradona elogiou a atuação da Costa Rica na classificação diante da Grécia, no último domingo, em jogo válido pelas oitavas de final da Copa do Mundo. Em seu programa “De Zurda”, da venezuelana TeleSur, o ídolo argentino destacou a garra dos costarriquenhos por aguentar tanto tempo com um jogador a menos e ainda criticou a postura do México, quando ainda vencia a Holanda por 1 a 0.

“A Costa Rica tem um grande mérito, porque ficou com 10 jogadores por um longo tempo e, em seguida, toda a prorrogação. Não se retrancaram, ao contrário do México, que cedeu a bola (à Holanda)”, disse o campeão mundial de 1986.

Maradona também elogiou o goleiro Keylor Navas, que defendeu o pênalti de Gekas e levou o país centro-americano à inédita classificação às quartas de final da Copa do Mundo.

“Ele suportou e suportou bem. A qualidade com que a Costa Rica bateu os pênaltis e com a segurança com que bateram dá a sensação que disseram ‘Bom, nos perdoaram na prorrogação, agora a Grécia vai embora’. Mas a Grécia também bateu bem, porque o pênalti que Navas pegou foi bem batido e é mérito de Navas ter defendido”, explicou "El pibe d'oro".

O duelo entre Costa Rica e Holanda, pelas quartas de final da Copa, acontece no próximo sábado, às 17 horas, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Maradona elogiou a garra da Costa Rica para segurar o empate com um jogador a menos e criticou a retranca mexicana contra a Holanda