Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Marcelo descarta abatimento depois de gol contra “indiferente”

Luiz Ricardo Fini e William Correia São Paulo (SP)

A Copa do Mundo começou conturbada para o lateral esquerdo Marcelo. Logo aos dez minutos do primeiro tempo, o defensor da Seleção Brasileira marcou um gol contra, que colocou a Croácia em vantagem no estádio de Itaquera. Porém, o jogador alega que o lance não comprometeu sua concentração na partida desta quinta-feira.

“Eu não me abati, porque é uma coisa normal, que acontece no jogo. Tive apoio da torcida, dei o máximo de mim e fiquei tranquilo. Na minha cabeça, foi um gol que tomamos. O que me deixou mais triste foi ter levado logo cedo, mas, sendo contra ou não, foi indiferente”, ponderou.

O lateral esquerdo explicou que sabia que não poderia se intimidar em campo depois do lance. “Mostramos para todo mundo que estamos preparados. A primeira coisa que veio na cabeça foi não me abater, para ajudar a Seleção”, acrescentou.

No lance em questão, Olic avançou pelas costas de Daniel Alves e cruzou rasteiro para Jelavic, que desviou errado, mas Marcelo estava atrás e mandou contra a própria meta, sem dar qualquer chance a Júlio César.

Assim como o lateral esquerdo, o elenco também minimizou o lance. O zagueiro David Luiz descartou falha do colega de equipe. “Infelizmente, tomamos o gol, mas o cara errou o cruzamento. Depois, o atacante errou o chute e, se tivesse acertado, eu travaria. Foi uma infelicidade ter tocado em seguida no Marcelo”, ponderou.

O próximo compromisso dos comandados de Luiz Felipe Scolari será na terça-feira, às 16 horas (de Brasília), diante do México, na Arena Castelão, em Fortaleza-CE.

Marcelo Ferrelli/Gazeta Press
Após cruzamento de Olic, Jelavic concluiu mal e viu Marcelo inaugurar as redes do Itaquerão na Copa

 

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade