Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Médico revela que Ribery não quis receber injeções para jogar Copa

Ribeirão Preto (SP)

O corte do atual maior astro do futebol francês segue rendendo manchetes na imprensa francesa. Nesta sexta-feira, o jornal Le Parisien publicou uma entrevista com o médico Franck Le Gall, na qual o especialista revela que Franck Ribery recusou receber injeções para poder entrar em campo pela França na Copa do Mundo.

“Achamos que ele poderia jogar com as injeções, mas não fizemos. Franck não quis fazer, estava com medo das agulhas”, declarou o médico.

O craque francês sofre de uma lombalgia crônica, e, segundo os médicos, necessita de seis semanas para se recuperar totalmente do problema nas costas. O tratamento com as injeções reduziria a inflamação, mas poderia provocar ainda mais dores.

Para o especialista, o corpo do jogador não resiste mais a esse tipo de tratamento. “Ribery vem de um clube no qual o tratamento de qualquer problema físico se dá por meio de injeções. Chega uma hora em que o atleta não aguenta mais”, explicou.

AFP
Dores nas costas e temor por infiltrações tirou Franck Ribery daquela que seria sua última Copa

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade