Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Mesmo com "boas chances de classificação", Van Gaal teme calor

Fortaleza (CE)

O técnico da Holanda, Louis Van Gaal, não escondeu seu otimismo na entrevista coletiva deste sábado, a última antes do confronto decisivo contra o México, neste domingo, às 13 horas (de Brasília), na Arena Castelão, em Fortaleza. No entanto, o comandante prevê problemas no que diz respeito à alta temperatura que faz na cidade e acredita que isso pode ser um fator favorável ao adversário na partida das oitavas de final da Copa do Mundo.

“A umidade é tão alta que vai afetar o jogo. Essa é a razão que a gente tentou fazer com que os jogadores estivessem na melhor condição possível. Eles estão mais acostumados do que nós. Joguei com o Ajax no México uma vez e meus jogadores não conseguiam alcançar a bola. O importante é que estamos fazendo o nosso melhor e tenho plena convicção de que vamos fazer um grande jogo, com possibilidades boas de classificação”, disse.

Outro fator que incomoda o técnico holandês é o gramado. Preservado pela Fifa na véspera do jogo, nenhuma das duas seleções pôde fazer o treino de reconhecimento na Arena Castelão. No entanto, o México já fez um jogo nesta Copa do Mundo no estádio, além de outro na Copa das Confederações de 2013.

AFP
Van Gaal acredita que condições do gramado e altas temperaturas são principais adversários da Holanda contra o México

“É uma pena que não possamos reconhecer o campo. Mas eu entendo a decisão tomada, pois o gramado é material fundamental do futebol e ele não está muito bom. Esperamos que haja paradas técnicas. Caso contrário, vamos colocar garrafinhas em volta do campo. A desidratação acontece. Cada jogador perde cerca de 4 kg em um jogo e precisa beber água para não ter alucinações”, analisou.

Janmaat deverá ser a única alteração na equipe titular, cedendo sua vaga para o estreante Veltman. Assim, a Holanda entrará em campo com: Cillessen; Veltman, Vlaar, De Vrij, Blind; De Jong, Wijnaldum, Sneijder, Robben; Lens e Kuyt.