Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Mesmo com dores no tornozelo, Obina quer enfrentar a Portuguesa

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O atacante Obina, que sofreu uma forte torção no tornozelo esquerdo no início do jogo contra o Náutico, no último sábado, em Muriaé, será reavaliado pelos médicos do América-MG para saber se poderá enfrentar a Portuguesa nesta terça-feira. O aproveitamento do jogador é difícil e o técnico Moacir Júnior tem Júnior Negão como primeira opção.

De acordo com o departamento médico americano, o jogador ainda sente dores no tornozelo, mas passará por nova avaliação nesta segunda-feira para definir se seguirá com a delegação para São Paulo, onde a equipe enfrenta a Portuguesa.

“Retiramos aquela imobilização que fizemos só para a viagem. Ele ainda continua sintomático, com um pouco de dificuldade de pisar. Mas o Obina é guerreiro e disse que quer ir para o jogo. Então, vamos prosseguir no tratamento. Fizemos uma proteção menor, para ajudar na recuperação e vamos esperar que ele esteja em boas condições para terça-feira”, disse o médico Celso Azevedo, que também examinou o atacante Henrique.

“Eu o examinei também e a situação está bem melhor. O Henrique ainda tem um ponto de dor no adutor esquerdo, mas pode se recuperar até amanhã. Assim como o Obina, a decisão sobre sua liberação para o jogo fica para amanhã”, concluiu.

Divulgação/América Mineiro
Obina será reavaliado pelo departamento médico americano e nutre esperanças de atuar contra a Portuguesa

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade