Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Mesmo com dúvidas sobre lance, responsável defende árbitro japonês

Rio de Janeiro (RJ)

O responsável técnico da arbitragem da Fifa defendeu nesta sexta-feira o árbitro Yiuchi Nishimura, que apitou um pênalti contestável a favor do Brasil na partida contra a Croácia.

O lance foi alvo de reclamações dos croatas e repercutiu em toda a imprensa mundial.

Massimo Bussaca não confirmou a infração, mas afirmou que o contato entre os jogadores é passível de marcação.

"Não sou o atacante nem o zagueiro. É difícil chegar a uma conclusão. Não sei se o contato tinha a força suficiente para derrubar Fred. Mas o evidente é que houve contato. Se não, não estaríamos discutindo”.

O suíço ainda completou: “Não posso fazer uma análise clara. Vi que o zagueiro tocou o atacante. Se um defensor está nessa situação se arrisca a que o pênalti possa ocorrer", disse o ex-árbitro.

Bussaca ainda reiterou: A Fifa não pretende ajudar o anfitrião. Estamos aqui para organizar um torneio. Haverá erros. “Mas não para ajudar ninguém”, finalizou.

AFP
Arbitragem do japonês Yiuchi Nishimura foi muito contestada por croatas durante a partida

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade