Futebol Internacional/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

México traça plano contra Brasil: 'Bola não pode chegar em Neymar'

Cidade do México (México)

O técnico do México, Miguel Herrera, reconheceu nesta segunda-feira que Neymar precisará de atenção especial de seus defensores para quando for enfrentar o Brasil. O duelo entre as equipes será na segunda rodada da Copa do Mundo, no dia 17, em Fortaleza, pelo grupo A.

“Sinto claramente que ele é o jogador mais talentoso do Brasil. É a cara do time e também da Copa, já que é na casa deles. Vamos tentar evitar que a bola chegue em Neymar, esse é o melhor caminho. Quando ele está com a bola, tem habilidade para deixar para trás dois ou três jogadores”, afirmou o técnico em entrevista ao site da Fifa.

Herrera é fã declarado do futebol do craque brasileiro. Foi vítima de Neymar na Copa das Confederações de 2013, quando o atacante finalizou de primeira dentro da área para abrir o placar diante dos mexicanos e ainda fez uma bela jogada no lance do segundo, deixando dois defensores para trás e servindo o atacante Jô, o que decretou o resultado final de 2 a 0, ainda pela fase de grupos da competição.

AFP
Técnico da seleção mexicana mostra preocupação com Neymar para duelo contra o Brasil na Copa

Para comprovar a tese, o técnico lembrou a final entre Brasil e México nas Olimpíadas de Londres, em 2012, vencida pelos mexicanos por 2 a 1, com Neymar em campo.

“Queremos isolá-lo como fizemos naquele dia. Neymar não viu muito a bola e foi assim que o México ganhou o jogo. Tentaremos algo similar. Mas é claro que desta vez estaremos diante do time principal do Brasil e há jogadores de mais qualidade, então precisamos cuidar dele sem se esquecer de seus companheiros de equipe”, analisou.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade