Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Ministro do Esporte classifica como ‘selvagem’ vaias para Dilma

São Paulo (SP)

O ministro do esporte Aldo Rebelo não poupou críticas aos torcedores que vaiaram a presidente Dilma Rousseff, durante a abertura da Copa do Mundo, na Arena Corinthians.

A torcida presente no estádio em Itaquera xingou a presidente com os dizeres “Ei, Dilma, vai tomar no c...”. Para o ministro, o ato desrespeitou a chefe do Estado brasileiro.

“O xingamento ultrapassou o limite da manifestação política. É uma demonstração de intolerância, de falta de respeito, de falta de educação. Pessoas que receberam uma instrução formal assumirem um comportamento selvagem, de quase ódio, é inaceitável, imperdoável”, criticou Aldo em entrevista à Rádio ESPN.

O ministro ainda minimizou alguns dos problemas encontrados no estádio da abertura do Mundial: “O jogo transcorreu normalmente, o problema nos refletores não atingiu a partida. O espetáculo não foi prejudicado”, continuou.

Sobre a Copa em si, Aldo Rebelo elogiou e classificou todos os aspectos do Mundial positivamente. “O país funcionou normalmente mesmo com o impacto da Copa. Os aeroportos, a mobilidade urbana, a segurança, a rede hoteleira... Tudo aquilo que deveria responder às expectativas, respondeu. Na parte técnica, temos uma Copa excepcional. Jogos de grande qualidade, como o que realizaram Espanha x Holanda. É seguir o padrão estabelecido”, finalizou o ministro.

AFP
Ministro Aldo Rebelo criticou o xingamento da torcida na Arena Corinthians, na abertura da Copa do Mundo

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade