Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Moradores de Fortaleza lucram até com transporte em bicicletas

Helder Júnior, enviado especial Fortaleza (CE)

A Fifa não é a única que arrecada com a realização da partida entre Brasil e México, nesta terça-feira, a segunda da Copa do Mundo em Fortaleza. Moradores dos arredores do Castelão aproveitaram a grande presença de turistas para também aumentar os seus rendimentos no dia do jogo da Seleção.

Com a barreira de aproximadamente 3 km imposta pela Fifa nas cercanias do Castelão (além dela, não é possível circular com um veículo não credenciado), muitos moradores disponibilizaram locais para estacionamento. Outros foram mais criativos na tentativa de lucrar.

Os torcedores que não quisessem caminhar até o estádio, sob calor intenso, ganharam a opção de pagar uma pequena quantia aos cearenses da região para ter uma carona em uma bicicleta.

Muitos mexicanos se divertiram ao subir nas garupas das bicicletas. Levaram os braços aos céus, gargalharam e posaram para fotografias.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Não havia somente festa nos arredores do Castelão antes da partida entre Brasil e México
Chegando mais perto do estádio, os torcedores gastaram dinheiro em bares e com vendedores ambulantes, que, naquele momento, trabalhavam sem serem incomodados por policiais. Vendiam desde bandeiras a comidas típicas nordestinas, preparadas na hora.