Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Na briga pelas oitavas, Suíça e França fazem duelo dos vencedores na Bahia

Salvador (BA)

Nesta sexta-feira, Suíça e França fazem o duelo das duas melhores seleções do Grupo E – já que ambas venceram na estreia -, às 16 horas (de Brasília), na Fonte Nova. Quem vencer, garante a classificação às oitavas de final da Copa do Mundo. Mesmo sem o astro Ribéry, os franceses estão confiantes para o confronto. Já os suíços apostam na união do elenco para fazerem a diferença neste Mundial.

No entanto, mesmo confiante, a seleção suíça está cautelosa para não fazer como em 2010, Copa que ainda está na cabeça da delegação. Depois de vencerem a Espanha na estreia, perderam para o Chile e empataram com Honduras, resultados que a fizeram cair na primeira fase. Assim, para fazer a diferença no Brasil será necessário jogar de maneira consciente.

“Não queremos viver a experiência que tivemos na África do Sul novamente. Os jogadores ainda têm essa lembrança muito forte na cabeça. Acho que a França não tem pontos fracos. Todos os jogadores são fortíssimos, jogam em grandes times da Europa. Não será fácil. Mas temos potencial e uma esperança muito grande em avançar”, disse o auxiliar técnico Michel Pont, que está há 13 anos trabalhando com a seleção.

AFP
Cercado de mistérios, treino da Suíça tem poucos minutos aberto à imprensa

Durante a última semana, o técnico Ottmar Hitzfeld fechou grande parte dos treinamentos e deixou em aberto a escalação de sua equipe para o confronto. No entanto, Stocker e Drmic podem ser as grandes novidades entre os 11 iniciais, já que foram os autores dos gols da virada diante do Equador. Se entrarem, mandarão Mehmedi e Seferovic para o banco de reservas.

Do outro lado, o técnico da França, Didier Deschamps, demonstrou preocupação com o desgaste físico de seus jogadores. A delegação se concentra em Ribeirão Preto, local onde o calor não tem dado trégua. Seis jogadores chegaram a fazer um trabalho de recuperação muscular específico: Cabaye, Benzema, Varane e Matuidi, além dos reservas Sissoko e Koscielny.

AFP
Destaque na França, Evra afirma que não mudou após eliminação em 2010 e confia em bom rendimento francês

Cabaye, inclusive, é a principal dúvida para o confronto diante da Suíça, já que está com uma contratura muscular. Se não tiver condições de jogo, ele dará lugar a Rio Mavuba.

Quem não tem demonstrado estar muito contente com a disputada da Copa do Mundo no elenco francês é o atacante Oliver Giroud, que amarga a reserva na equipe. Logo após o corte de Frank Ribéry, o avançado afirmou que ficaria muito decepcionado se não fosse o titular. Deschamps não deu ouvidos e Griezmann ficou com a vaga.

AFP
Sob olhares atentos da torcida, jogadores da França treinam em Ribeirão Preto

FICHA TÉCNICA
SUÍÇA X FRANÇA

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data: 20 de junho de 2014, sexta-feira
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Bjorn Kuipers, da Holanda
Assistentes: Sander Van Roekel e Erwin Zeinstra, ambos da Holanda

SUÍÇA: Benaglio; Lichtsteiner, Djorou, Von Ber Gen e Ricardo Rodriguez; Inler, Behrami, Mehmedi (Stocker), Xhaka, Shaquiri, Drmic (Seferovic)
Técnico: Ottmar Hitzfeld

FRANÇA: Lloris; Debuchy, Varane, Sakho e Evra; Cabaye (Mavuba), Matuidi, Pogba e Valbuena; Griezmann e Benzema
Técnico: Didier Deschamps