Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

"Não acho que possa continuar jogando", diz Low sobre Mustafi

Porto Alegre (RS)

Além do desgaste físico provocado pela prorrogação contra a Argélia, que terminou com o favorável placar de 2 a 1, a Alemanha pode ter mais problemas para enfrentar a França, em partida válida pelas quartas de final da Copa do Mundo. O defensor Mustafi, que atuou como lateral-direito, deixou o jogo com uma lesão muscular na coxa esquerda e deve desfalcar os germânicos na próxima rodada, como indicou o técnico Joachim Low.

“Mustafi fez um excelente trabalho, mas apresentou dores musculares ao final do jogo. Um princípio de lesão. Assim, não acho que ele possa continuar jogando. Pode ser que precise perder duas ou três semanas. Os exames estão aí para confirmar meu diagnóstico”, declarou.

Entretanto, o polivalente defensor não está sozinho na lista de preocupação germânica. Os volantes Schweinsteiger, com fortes cãibras, e Khedira, fora da forma física ideal, precisarão de uma nova avaliação médica para atuarem: “Bastian não tem lesão alguma. Até queria sair jogando, mas não podemos arriscar a sua permanência no Mundial. Já o Sami estava abalado fisicamente. Porém, a entrada dele foi boa e vai nos fortalecer”, expôs.

De acordo com o departamento médico, na próxima rodada, a Alemanha tem boas chances de contar com o atacante Podolski, que se recupera de lesão muscular. Titular contra os Estados Unidos, na fase grupal, o camisa 10 ficou de fora do embate contra as raposas do deserto.

O compromisso eliminatório dos germânicos, diante da França, ocorre no dia quatro de julho, sexta-feira, às 13 horas (de Brasília), no Estádio do Maracanã.

AFP
O jovem e polivalente Mustafi se doou contra a Argélia e deixou o jogo com uma lesão muscular na coxa esquerda