Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Neuer define duelo alemão com Portugal: "Como se fosse uma final"

Salvador (BA)

O duelo entre Alemanha e Portugal tem totais características de mata-mata decisivo. Porém, o compromisso é válido pela rodada inaugural do Grupo G da Copa do Mundo – que também conta com Estados Unidos e Gana. Projetando o embate contra os lusos, o goleiro Neuer pregou seriedade em seu discurso e fez questão de exaltar a qualidade técnica do adversário.

“Sabemos que vamos enfrentar um oponente forte e bem sucedido nos últimos anos. De certa forma, é como se fosse uma final. Precisamos entrar com extremo foco para alcançar uma boa colocação logo de início”, enfatizou.

Adiante, o arqueiro do Bayern de Munique-ALE mostrou-se tranquilo com a pressão sobre os germânicos e não escondeu o desejo de realizar uma boa exibição: “Sou o tipo da pessoa com sede de vitória. Gosto de atuar em grandes campeonatos e sei que a Alemanha é capaz de trilhar um belo caminho. Levamos como estímulo a grande confiança de nosso torcedor”, discorreu.

Por fim, quando questionado sobre a surpreendente goleada aplicada pela Holanda sobre a Espanha, Neuer tratou de minimizar o expressivo resultado e discursou de modo reservado: “Foi apenas o primeiro jogo e não podemos subestimar a Fúria. Foi um feito e tanto dos holandeses, mas precisamos nos concentrar em Portugal. Pensar com ênfase em cada característica que temos e sempre almejar a evolução. Com muito trabalho, poderemos ser a equipe mais perigosa e temida do Mundial”, completou.

O encontro entre germânicos e lusos ocorre nesta segunda-feira, às 13 horas (de Brasília), na Arena Fonte Nova, em Salvador-BA. Completando a chave, ganeses e norte-americanos medem forças na Arena das Dunas, no mesmo dia, mas às 19 horas.

AFP
"Com muito trabalho, poderemos ser a equipe mais perigosa e temida do Mundial”, disse Neuer

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade