Futebol/Copa 2014 - ( )

Neymar decide ao esquecer busca por ser melhor do mundo, diz Felipão

William Correia e Luiz Ricardo Fini São Paulo (SP)

Luiz Felipe Scolari disse ter conversado com Neymar sobre a possibilidade de o atacante se tornar o melhor jogador do planeta. O técnico contou ter feito um pedido ao atleta, que acabou sendo decisivo na vitória por 3 a 1 do Brasil sobre a Croácia na abertura da Copa do Mundo.

“As pessoas ficam falando sobre isso, mas o Neymar não precisa ser cobrado para ser o melhor do mundo, não precisa que entrem na cabeça dele para falar isso. Falei para ele: ‘Melhor do mundo é daqui a um, dois anos, é consequência, jogue pelo Brasil e deixe isso de lado’. Foi o que ele fez. Assim, as coisas acontecem naturalmente”, afirmou Felipão.

Wagner Carmo/Gazeta Press
Neymar ganha os cumprimentos do chefe no momento de sua substituição, no finalzinho
“Ontem (quarta), na reunião com três capitães, conversamos sobre determinados pontos. Eles me disseram: ‘Professor, só queremos que o Neymar seja feliz jogando bola’. Disseram: ‘Ele precisa estar ciente de que sabemos que ele é especial, e vamos jogar por ele’”, contou o gaúcho, que costuma citar Júlio César, David Luiz e Fred como os líderes que não usam a faixa, acessório exclusivo de Thiago Silva.

Na estreia no Mundial, a Seleção estava em situação difícil, atrás no placar, com o camisa 10 recém-amarelado por ter acertado Modric. Ele apareceu, carregou a bola e empatou. Depois, de pênalti, marcou o gol da virada, que seria concluída por um tento de Oscar no finalzinho.

“No ano passado, o Neymar era cobrado por não fazer gol na Seleção. Iniciou a Copa das Confederações com gol em três minutos. Agora, falaram que um camisa 10 da Seleção não faz gol em Copas desde 2002. Ele fez dois”, reverenciou Felipão.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade