Futebol/Copa 2014 - ( )

Neymar não tira o pé e conta com ajuda divina para evitar lesões

Helder Júnior, enviado especial Brasília (DF)

O atacante Neymar saiu ileso da goleada por 4 a 1 sobre Camarões, na segunda-feira, no Mané Garrincha. Sem se importar com o jogo ríspido do time adversário – acentuado no final da partida –, o principal jogador da Seleção Brasileira avisou que não teme se tornar desfalque na Copa do Mundo por conta de uma contusão.

“Não posso tirar o pé. É Copa do Mundo”, bradou Neymar, olhando para o alto. “Tenho um anjo da guarda, Deus. Ele está sempre me protegendo de tudo. Quando as partidas acabam, agradeço a Ele por não ter me machucado”, sorriu.

O técnico Luiz Felipe Scolari espera também poder contar com o auxílio divino. Afinal, Neymar justificou o status que adquiriu na Seleção e foi o grande destaque brasileiro na fase de grupos do Mundial. Contra Camarões, marcou dois gols e voltou a sair de campo com o troféu de melhor jogador da partida.

Gazeta Press
Neymar sofreu com o jogo violento dos camaroneses, já eliminados da Copa do Mundo (foto: Célio Messias)
“Fico feliz pelo prêmio, mas principalmente pelo desempenho que tivemos. Estávamos precisando disso. Estou muito contente mesmo”, comentou Neymar, dividindo os méritos com os demais atletas. “Prefiro enfatizar toda a Seleção. Todos correram. Não faço nada sozinho”, disse.

Ileso e em alta, o atacante já está pronto para o seu próximo desafio. Será contra o Chile, no sábado, no Mineirão. “Eles têm jogadores de muita qualidade, que podem decidir a qualquer momento. A gente vai analisar o adversário com calma”, concluiu Neymar.