Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Nigéria finaliza preparação contra França com partida de rúgbi

Brasília (DF)

No último trabalho de preparação antes de enfrentar a França e buscar a classificação inédita para as quartas de final, a Nigéria fez um treino descontraído. O técnico Stephen Keshi fez uma atividade semelhante a um jogo de rúgbi, onde os times trocavam passes com as mãos com o objetivo de chegar até o gol, que o próprio Keshi defendia.

Todo o elenco acordou cedo na véspera do confronto. Keshi adiantou o trabalho da tarde para às 10h, para que os jogadores se acostumassem com as condições da partida desta segunda-feira, às 13h, no Estádio Mané Garrincha. No sábado os atletas já haviam treinado sob sol forte, no mesmo horário do duelo com os franceses.

O atacante Babatunde, que fraturou o braço na derrota por 3 a 2 contra a Argentina na última quarta, foi desfalque no treinamento e também não atuará contra a França. Victor Moses, do Liverpool, pode ficar com a vaga – Moses foi titular empate em 0 a 0 com o Irã, mas acabou sendo substituído no segundo tempo e não entrou mais. O zagueiro Oboabona, se recuperando de uma pancada no pé direito, também é opção.

Diante da França, os Super Águias tentam passar das oitavas pela primeira vez na história. Nos dois outros Mundiais em que a equipe passou da fase de grupos, foi eliminada pela Itália, em 1994, e pela Dinamarca, em 1998.

AFP
Jogadores fazem atividade parecida com jogo de rúbgi no treino em Brasília