Futebol/Copa do Mundo 2014 - ( - Atualizado )

Oponente do Brasil, Camarões teria boicotado viagem por litígio financeiro

Yaoundé (Camarões)

Previsto para a manhã deste domingo, o embarque da seleção de Camarões rumo ao Brasil ocorreu. Segundo o site Camfoot, a delegação não compareceu ao Aeroporto de Nsimalen no horário combinado – o voo estava marcado para as 9 horas locais. O principal motivo para o boicote seria a briga entre jogadores e a federação camaronesa, que não teria chegado a um acordo sobre a premiação dada as jogadores pela disputa da Copa do Mundo.

Ainda nesta manhã, em uma rede social, o atacante Eric Maxim Choupo-Moting publicou um vídeo mostrando a delegação sendo seguida por uma multidão de torcedores no trajeto até o aeroporto. O jogador também postou uma foto com a legenda “Brasil, estamos prontos. Última refeição no país”.

Apesar de aparentemente terem chegado a um acordo financeiro com a federação, os jogadores teriam exigido que o pagamento fosse feito em dinheiro, e antes da viagem para o Brasil. Segundo o jornal francês L’Équipe, os jogadores não ficaram satisfeitos com a proposta feita na última sexata-feira, que previa 6% de bônus para a primeira fase, 20% para as oitavas de final, 30% para as quartas, 40% para as semifinais e 50% para a final ou a disputa do terceiro lugar.

A insatisfação do elenco camaronês ficou evidente na semana passada, quando os atletas recusaram carregar a bandeira do país durante cerimônia que contou com a presença do primeiro-ministro camaronês, Philémon Yang.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade