Copa do Mundo 2014/ Argentina - ( - Atualizado )

Palacio apoia 'autocrítica' de Sabella e vê time melhor com mudanças

Belo Horizonte (MG)

Esquema considerado muito defensivo levado a campo pelo técnico da Argentina, Alejandro Sabella, contra a Bósnia – o 5-3-2 – foi alvo de crítica de muitos torcedores e jornalistas, e considerado um erro pelo próprio treinador. O atacante Rodrigo Palacio, que assistiu a estreia do banco de reservas, comentou, nesta terça-feira, o fato de seu treinador ter admitido a falha e mostrou apoiar as mudanças na equipe.

“Alejandro não falou com a gente, mas eu acho que se ele acha que sim (ter cometido o erro) ótimo: significa ter autocrítica. Nós apoiamos, sabemos que qualquer treinador pode cometer erros”, disse o jogador da Inter de Milão, da Itália, em entrevista coletiva, no Centro de Treinamento do Atlético Mineiro.

A Argentina mudou no intervalo, com Higuaín no lugar de Maxi Rodrígues e Fernando Gago na vaga de Campagnaro, formando o 4-3-3 e um time mais ofensivo. Esquema esse elogiado pelo atacante: “E se depois ele mudou a tática, é porque no intervalo viu que poderíamos melhorar, e valeu a pena”.

AFP
O atacante Rodrigo Palacio reforçou o apoio dos jogadores ao técnico Alejandro Sabella

Com um ataque formado por Messi, Agüero e Di María, o jogador da Inter de Milão admite ser difícil uma vaga entre os titulares, mas se vê pronto para quando o time precisar de sua ajuda: “Sei que os titulares são Messi e Agüero, mas tenho que estar preparado quando o técnico precisar de mim. Posso dar o que, por aqui, outro não pode: ajudar no meio-de-campo. Posso tentar dar uma mão lá, e quando tivermos a bola, chegar à área e fezer gols”.

Para o próximo desafio, contra os iranianos, no sábado, às 13 horas, no Mineirão, Palacio vê um estilo diferente do da Bósnia e acredita em uma Argentina melhor para esse confronto: “A diferença é que a Bósnia é muito mais forte fisicamente que o Irã. Seguramente nós estaremos melhores, já que perdemos o peso da estreia. Creio que vamos fazer uma grande partida”.

A Argentina é líder do Grupo F, com três pontos ganhos, em um jogo disputado. Nigéria e Irã estão empatados com um ponto e a Bósnia é lanterna, sem pontuar ainda.