Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Palmeiras se despede de Valentim empatando sem gols com Grêmio no Sul

Caxias do Sul (RS)

Em uma partida de muita disputa, mas pouca qualidade técnica, Grêmio e Palmeiras empataram em 0 a 0 no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul. A partida, válida pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro, foi marcada por diversos gols perdidos de lado a lado. O resultado foi pior para o time gaúcho, que deixou o campo vaiado por seus 17.034 torcedores presentes.

O Grêmio exerceu uma pressão muito forte nos minutos iniciais, mas viu o Palmeiras crescer, equilibrar o jogo e quase ir para o intervalo em vantagem. Na etapa final, o Alviverde chegou a marcar um gol mal anulado pela arbitragem, teve outras chances, mas acabou pressionado no fim. No entanto, ninguém teve competência para sair do zero.

O Tricolor Gaúcho chega à parada para a Copa do Mundo com 15 pontos, dois a mais que o Verdão. As duas equipes agora só voltam a jogar pelo Brasileirão após a Copa do Mundo, na segunda quinzena de julho.

O jogo – Jogando como mandante, o Grêmio tratou de pressionar o Palmeiras no começo do jogo. Logo na saída de bola, aos 20 segundos, Rodriguinho foi à linha de fundo e cruzou para Barcos cabecear para fora. Aos três minutos, Alán Ruiz pegou rebote após escanteio e soltou uma bomba que não entrou porque bateu na zaga. Aos cinco, Dudu fez grande jogada pela esquerda e cruzou. Barcos tocou com o pé, na pequena área, mas a bola subiu demais e saiu.

Lucas Uebel/GFBPA
Em um jogo muito truncado em Caxias, o palmeirense Henrique voltou a passar em branco neste domingo
Passados os sustos iniciais, o Palmeiras começou aos poucos a sair de trás. O primeiro chute veio aos 15, com Henrique, mas Marcelo Grohe pegou fácil. Dois minutos mais tarde, grande chance gremista: Barcos tabelou com Dudu, que devolveu de calcanhar. O argentino escorregou, mas Rodriguinho pegou o rebote, livre, mas chutou para fora.

O Palmeiras começou a crescer aos 21, após lindo chute de Diogo da intermediária que quase entrou no ângulo. Aos 30, William Matheus invadiu a área pela esquerda e cruzou para o arremate de Felipe Menezes. A bola bateu nas costas de Diogo e na trave, não entrando por milagre. O Grêmio respondeu em chute venenoso de Alán Ruiz, que raspou o travessão de Fábio.

Lucas Uebel/GFBPA
No começo do segundo tempo, um lance polêmico: após falta levantada na área do Grêmio, Diogo marcou de cabeça, mas a arbitragem anulou assinalando impedimento. O jogador palmeirense, porém, veio de trás – os dois atletas que estavam em posição irregular não tocaram na bola. Aos 15, Marcelo Grohe falta fechada batida por Diogo. No lance seguinte, Rhodolfo tirou em cima da linha de cabeça uma tentativa de Henrique.

Aos 17, Barcos foi substituído por Kleber e deixou o campo muito vaiado pelos torcedores. O Palmeiras, porém, seguiu mais consciente. Aos 23, Marquinhos Gabriel chutou de longe e Marcelo Grohe defendeu em dois tempos. O Grêmio só chegou com perigo aos 25, em chute forte de Alán Ruiz raspando o travessão. Aos 39, a defesa palmeirense afastou quase em cima da linha uma nova tentativa do argentino.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade