Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Para Gervinho, classificação seria conforto para família Touré

Águas de Lindóia (SP)

A notícia da morte do irmão caçula de Kolo e Yayá Touré, Ibrahim Touré, abalou os jogadores da Costa do Marfim. Mas os irmãos decidiram não abandonar o Mundial e vão buscar uma vaga na próxima fase no confronto contra a Grécia. O grupo está ainda mais unido após a tragédia e quer a vitória para confortar a dupla.

O atacante Gervinho, que jogou com Ibrahim nas categorias de base, lamentou o ocorrido e afirmou que a notícia serviu para motivar ainda mais o grupo. “É uma triste notícia. Estamos arrasados. Era uma pessoa especial. Temos que nos classificar para dar isso como presente para a família Touré. Essa classificação seria especial para eles”, afirmou.

Ibrahim morreu na quinta-feira e o elenco recebeu a notícia apenas quando retornou para Águas de Lindóia, onde a Costa do Marfim está hospedada, após a derrota por 2 a 1 sobre a Colômbia. Os jogadores choraram muito com Kolo e Yayá e fizeram orações pelo caçula.

O confronto decisivo contra a Grécia será na próxima terça, às 17h, na Arena Castelão, em Fortaleza. A vitória classifica os marfinenses, que podem avançar até mesmo com empate, caso o Japão não vença a Colômbia em partida que ocorre simultaneamente.

AFP
Para Gervinho, Costa do Marfim buscará classificação para confortar os irmãos Touré após a morte do irmão caçula (Foto: Issouf Sanogo/AFP)