Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Para preservar gramado, Brasil e Chile não farão reconhecimento

Teresópolis (RJ)

A Fifa decidiu nesta quarta-feira que Brasil e Chile não poderão fazer o treino de reconhecimento do gramado do Mineirão na sexta-feira, véspera do duelo entre as seleções, que abrirá as oitavas de final da Copa do Mundo.

De acordo com a entidade, a decisão foi tomada para preservar o gramado do estádio. Com a “maratona” de jogos do Mundial nas últimas semanas, a qualidade dos campos da Copa tem sido questionada por técnicos das seleções.

Com isso, a Seleção Brasileira fará o último treino antes do decisivo duelo no SESC Venda Nova, em Belo Horizonte. A coletiva dos técnicos, no entanto, segue agendada para a sala de imprensa do Gigante da Pampulha.

AFP
Gramado do Mineirão será preservado para o duelo entre Brasil e Chile

Treinos na Granja - Antes do embarque do Brasil rumo a Belo Horizonte, agendado para quinta-feira, a equipe treina nesta quarta na Granja Comary, em Teresópolis, às 13h (de Brasília). O horário do treinamento, marcado para o chamado pico solar, tem por objetivo simular as condições de jogo da partida contra os chilenos no sábado, também programada para as 13h.

Após a atividade, como de praxe, os jogadores irão participar de uma coletiva de imprensa. O treino desta quarta, no entanto, não será o último antes de a delegação deixar Teresópolis. Na quinta, haverá um treino no mesmo horário. O voo está marcado para as 19h30 (de Brasília), no Aeroporto Tom Jobim.