Futebol/Copa do Mundo - ( )

Para treinador da Suíça, críticas mudaram atitude da equipe

Manaus (AM)

A Suíça teve sua melhor apresentação na Copa do Mundo nesta quarta-feira. Diante de Honduras, na Arena Amazônia, a equipe venceu por 3 a 0 e garantiu um lugar nas oitavas de final. Para o treinador alemão Ottmar Hitzfeld, as críticas sofridas pelos jogadores após os primeiros jogos foram fundamentais para esta mudança de atitude.

“O time mostrou atitude, vontade e se superou. O sofrimento também envolve paixão, e realmente o nosso time sofreu (sobre as críticas). Agora temos de mirar na próxima etapa, onde teremos que nos sacrificar mais uma vez”, declarou.

AFP
Ottmar Hitzfeld ficou satisfeito com o desempenho de sua equipe na primeira fase. (Foto: Anne-Christine Poujoulat).
Sobre a atuação individual de Xerdan Shaqiri, meia do Bayern de Munique que marcou todos os gols da partida, o técnico germânico esclareceu que já vinha gostando das atuações do jogador.

“Não tinha encarado o desempenho dele como negativo. Ele teve bons momentos contra o Equador, principalmente no segundo tempo, e também teve bons momentos contra a França, ao fazer a transição com o ataque. É importante saber que a equipe pode contar com ele, sabermos das suas qualidades”, concluiu.

Nas oitavas de final, a Suíça, segunda colocada do Grupo E, encara a Argentina, líder do Grupo F.