Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Para zagueiro Osman Chávez, Honduras tem “duas finais” pela frente

Porto Feliz (SP)

Após a derrota por 3 a 0 para a França, a seleção de Honduras ainda tem esperanças de se classificar para as oitavas de final da Copa do Mundo de 2014. Para isso, os jogadores acreditam que é preciso se recuperar logo no duelo contra o Equador, além de encarar as duas últimas partidas como decisões.

“Concordamos que vamos seguir, que vamos nos levantar diante do Equador e buscar a vitória porque a possibilidade existe. Temos duas finais e temos que ganhá-las, sim ou sim”, - disse o zagueiro Osman Chávez ao jornal Diez.

AFP
O zagueiro Osman Chávez acredita que é preciso focar nos erros dos adversários
Apesar da motivação, Chávez não acredita que será fácil alcançar esse objetivo porque tanto a Suíça como o Equador são equipes fortes. Por esse motivo, os hondurenhos irão focar também nos erros dos adversários para aproveitar momentos decisivos.

“A seleção do Equador é boa, forte e rápida. Nós vamos nos concentrar nas táticas necessárias para explorar seus defeitos. O mais importante é analisar o que podemos fazer, como criar mais volume de jogo, a criatividade”, destacou o zagueiro hondurenho.

Honduras enfrenta os equatorianos nesta sexta-feira, às 19 horas (de Brasília), na Arena da Baixada, em Curitiba. Logos depois, a seleção hondurenha encara a Suíça no dia 25, quarta-feira, na Arena da Amazônia. Por enquanto, a equipe da América Central ocupa a última colocação do Grupo E, com o saldo de três gols negativos. A França lidera a chave, com três pontos e um saldo positivo de três gols.