Futebol/Copa do Mundo - ( )

Paulinho afirma ter se sentido mais leve em segundo jogo do Brasil

Helder Júnior, enviado especial Fortaleza (CE)

O volante Paulinho ainda está longe de ter na Copa do Mundo o desempenho que o consagrou como o terceiro melhor jogador da Copa das Confederações, há um ano. Ainda assim, o jogador do inglês Tottenham garantiu que evoluiu bastante no empate sem gols com o México em relação à vitória por 3 a 1 sobre a Croácia.

“Eu me senti até mais leve do que na primeira partida”, avisou Paulinho, tentando não se importar com as críticas. “Vou continuar fazendo o meu papel, assim como agora. Fiz mais um jogo importante diante do México. Eu estava muito mais solto”, repetiu.

Paulinho joga no setor mais concorrido da Seleção Brasileiro. Parceiro de Luiz Gustavo atualmente, ele tem as sombras de Hernanes, Fernandinho e Ramires, que também foi titular contra o México, no lugar do atacante Hulk.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Paulinho está se sentindo mais solto, mas ainda não conseguiu se destacar na Copa do Mundo
“O Brasil precisa não só de mim, mas de todos os seus jogadores”, amenizou o Paulinho do Tottenham, que quer voltar a jogar como o Paulinho do Corinthians. “Mas, da mesma forma que estudamos os adversários, eles também nos estudam. Foi assim contra o México, que fez um jogo duro, bem disputado”, concluiu.