Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Pekerman prega respeito, mas não vê Brasil como favorito

Rio de Janeiro (RJ)

O treinador argentino José Pekerman, comandante da seleção colombiana que alcançou as quartas de final neste sábado, celebrou o feito e já pensa no próximo adversário: a Seleção Brasileira. Para o técnico, os anfitriões não podem ser apontados como favoritos.

"Vamos respeitar o Brasil sempre. É uma grande equipe, com grandes jogadores. Mas não podemos falar em favoritos. As duas equipes tem condições de jogar bem. As individualidades só funcionam bem se o grupo funciona bem”, declarou.

O técnico também demonstrou sua satisfação pelo grande desempenho apresentado por James Rodríguez, camisa 10 dos Cafeteros.

"Sempre apostei muito no James porque vi muito potencial. E o que mais surpreende é que, na sua idade, ele não tem dificuldade nenhuma de assumir responsabilidades", concluiu.

AFP
José Pekerman acredita que o Brasil não pode ser apontado como favorito. (Foto: Gabriel Bouys)