Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Pékerman projeta dificuldades contra Grécia e lamenta perda de Falcão

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

A Colômbia estreia na Copa do Mundo neste sábado, enfrentando a Grécia, às 13 horas (de Brasília) no Mineirão, e o técnico colombiano, José Pékerman garante que já sabe de todos os detalhes dos gregos. Segundo ele é fácil obter informações sobre as seleções que vão disputar a Copa do Mundo. O treinador da equipe colombiana afirma que a Grécia tem uma seleção competitiva e merece respeito.

“Hoje no futebol todos conhecem todas as seleções de todos os países. Conhecemos a história e o momento atual da Grécia. Teve grande sucesso na Eurocopa e vários daqueles jogadores participam desta seleção, por isso, respeitamos muito a Grécia. Eles ainda possuem atletas jovens. Estamos falando de um time competitivo e um rival que será difícil de ser batido”, declarou.

Tradicionalmente a Grécia costuma atuar de forma defensiva, buscando os contra-ataques, exatamente o oposto da Colômbia, que tem vocação ofensiva, o que de acordo com Pékerman deverá gerar um jogo bastante interessante. “Vai ser um jogo muito bom. Eles têm um jeito muito definido de jogar”, comentou.

Gazeta Press
Treinador da Colômbia, José Pekerman destacou as qualidades da seleção grega (Foto: Wanderson Lima)
Sobre a ausência de Falcão Garcia, maior estrela da Colômbia, e que foi cortado da Copa do Mundo por não ter se recuperado de uma cirurgia no joelho, o treinador argentino que comanda a Colômbia frisou que ele vai fazer falta. Pékerman, porém, fez questão de destacar a união do grupo colombiano, que vai superar a falta de Falcão Garcia.

“O Falcão está com o grupo, que é uma verdadeira família. Enfrentamos problemas e eles ficaram para trás, não vamos mais falar sobre isso. Claro que não posso negar que gostaria de ter o Falcão na seleção, mas estamos olhando para frente e estamos fortes”, concluiu.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade