Futebol/ Copa do Mundo 2014 - ( - Atualizado )

Pelé vê Messi em vantagem sobre CR7 e Chile como grande surpresa

São Paulo (SP)

O melhor jogador de todos os tempos, Pelé, afirmou, nesta terça-feira, em entrevista ao jornal espanhol Marca, que Messi tem mais chances de conquistar a Copa do Mundo do que Cristiano Ronaldo. Para o Rei do futebol, o craque argentino é rodeado por melhores jogadores, ao passo que a seleção portuguesa depende muito do jogador do Real Madrid.

“Creio que o Cristiano dependerá de como seus companheiros vão render. É um jogador que faz muitos gols, mas necessita de sua equipe. E Messi está muito bem rodeado, com Higuaín e Agüero. Acho que para o Messi será mais fácil de vencer”, disse Pelé.

O maior ídolo da história do Santos não podia deixar de falar sobre o que, na visão dele, são os grandes favoritos ao título da Copa. Na Europa, crê em Alemanha ou Espanha e na América do Sul aposta em Brasil, Argentina e Chile: “Para mim são as mais fortes da Europa (Espanha e Alemanha), respeitando as seleções da Itália e Inglaterra. Na América Latina vejo Brasil, Argentina e Chile como os melhores. Creio que a equipe chilena será a grande surpresa deste Mundial”.

Reprodução/Facebook
Pelé vê defesa da Seleção Brasileira mais confiável que o setor ofensivo

Pelé ainda surpreendeu ao criticar o setor de ataque da Seleção Brasileira e disse que toda a responsabilidade não pode cair sobre as costas de Neymar: “Na defesa estamos muito bem, mas do meio-de-campo para frente estamos piores. Temos o Neymar, que é muito bom, mas não se pode colocar toda a pressão sobre ele. Esses oito meses que esteve no Barcelona fez muito bem para ele, é uma alegria, porque o npivel da Europa é muito mais difícil que o do Brasil”.

Por fim, foi questionado se concorda com a decisão de Diego Costa de ter se naturalizado espanhol para jogar com a camisa da Fúria no Mundial e o Rei mostrou todo o respeito pela atitude do atleta: “Respeito a decisão do Diego, tenho que entender. Ele foi convocado uma vez e não jogou, não esteve bem. É importante que Diego esteja onde tenha confiança e se tem mais confiança, tenho que respeitá-lo”.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade