Futebol/ Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Pelo G-4, Santa Cruz e Ponte duelam nesta terça nos Aflitos

Recife (PE)

Santa Cruz e Ponte Preta se enfrentam mirando o G-4 nesta terça-feira, às 19h30, no estádio dos Aflitos, pela décima rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. As duas equipes vivem seus melhores momentos na competição, já que venceram suas duas últimas partidas. O Tricolor com 13 pontos ganhos é oitavo na tabela e ainda está invicto no torneio, enquanto a Macaca ostenta o quinto lugar, com 16 pontos.

O técnico do Santa, Sérgio Guedes, não tem desfalques para o duelo, porém ganhou uma “boa” dor de cabeça para escalar o ataque. Isso porque o atacante Betinho (ex Palmeiras) entrou bem no lugar de Leo Gamalho, que estava suspenso no último jogo, e marcou o segundo gol na vitória sobre o Joinville na última sexta-feira, tornado-se o artilheiro do time no campeonato, com três tentos. Gamalho é o artilheiro do Santa Cruz na temporada, com 14 gols marcados, porém ainda não balançou as redes na Série B.

Dilvugação/Santa Cruz
O atacante do Santa Cruz, Leo Gamalho, é o artilheiuro da equipe na temporada com 14 gols. No entanto, ainda não balançou as redes na Série B

No entanto, Sérgio não descarta utilizar os dois centro-avantes juntos e sinaliza que Betinho pode atuar um pouco mais recuado: “A gente já estudou. Já usamos isso em um treinamento e é algo que eu acho possível. Betinho sabe jogar fora. É só ajustar com o tempo. Às vezes a gente coloca dois jogadores de referência quando o campo não é bom, mas vejo os dois com qualidade para jogar”, mas ressaltou que quer treinar essa formação antes de testá-la em jogo: “Temos que ir experimentando nos treinamentos e quando surge a ocasião dos jogos também vamos fazendo”.

Pelos lados ponte pretanos, o técnico Dado Cavalcanti conta com o artilheiro da Série B, Edno, para ultrapassar os 18 pontos preestabelecidos pelo treinador antes da parada para a Copa do Mundo. O atacante marcou seis dos 14 gols da Macaca na competição. Só que para isso, a equipe de Campinas vai ter que transpor a melhor defesa do campeonato. A zaga do Santa sofreu apenas seis gols em nove rodadas.

Divulgação/Ponte Preta
O técnico da Ponte Preta, Dado Cavalcanti, tinha como meta atingir 18 pontos antes da parada da Copa do Mundo. Em caso de vitória, a Macaca chegará aos 19

Caso a Ponte conquiste o triunfo, terminará com a invencibilidade do Santa Cruz na Segundona e, de quebra, poderá atingir o sonhado G-4, que é o maior desejo de Cavalcanti: “Estabelecemos para esta primeira fase a meta de 18 pontos e temos mais um jogo. Na pior das hipóteses ficaríamos devendo dois pontos, mas temos ambições grandes no campeonato e vamos buscar chegar a 19 e ultrapassar um para administrar na próxima fase e estar sempre na parte de cima. Tivemos superioridade na maioria dos jogos, apesar dos resultados. Aprendemos com os erros, fizemos trocas na equipe e fomos ganhando em capacidade”.

FICHA TÉCNICA
Santa Cruz X Ponte Preta

Local: Estádio Eládio de Barros Carvalho (Aflitos) , em Recife (PE)
Data: 03 de junho de 2014, terça-feira
Horário: 19h30 horas (de Brasília)
Árbitro: Cleisson Veloso Pereira (MG)
Assistentes: Marconi Helbert Vieira (MG) e Celso Luiz da Silva (MG)

Santa Cruz: Tiago Cardoso; Nininho , Renan Fonseca, Éverton Sena e Renatinho; Memo, Sandro Manoel, Danilo Pires e Carlos Alberto; Pingo e Leo Gamalho
Técnico: Sérgio Guedes

Ponte Preta: Roberto; Daniel Borges, César, Gilvan e Bryan; Juninho, Élton, Adrianinho, Edno, Jonathan Cafu e Alexandre Créu
Técnico: Dado Cavalcanti

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade